Espetáculo em Malta aborda imigração no país

Uma nação pode ser formada por vários povos e culturas, sendo moldada pelas transformações ao longo dos anos. Um país que recentemente vem experimentando esse processo em plena atividade é Malta, de portas abertas para novos imigrantes, estudantes e intercambistas. Para lembrá-los, e exaltar sua representatividade no país, no dia 20 de junho será realizado, em Valletta, um espetáculo abordando a temática da imigração. O evento reunirá expressões de música e poesia na data, considerada pelas Nações Unidas, como o Dia Mundial dos Refugiados.

Inspirado por um poema do maltês Antoine Cassar, o espetáculo trará representações artísticas que irão explorar a imigração e o tema de viagens alinhados com a definição da identidade cultural de Malta em linguagem, culinária, música e estilo de vida. O objetivo é ecoar o tema, relacionando-o aos valores culturais de Valletta 2018, e chamar atenção para a representatividade de imigrantes no país.

De acordo com a plataforma Malta Independent, o show foi criado pelo compositor Luc Houtkamp e pelo conjunto de câmara POW Ensemble, fundado em 2001. O grupo apresenta uma nova abordagem à música eletrônica contemporânea, com um balanço de batidas, instrumentos e vocais.

O concerto Mapa do Mediterrâneo vai acontecer em Maori com narrações, projeções, música eletrônica e instrumental, vocais e declamações de poesias. Para quem está em Malta,  o espetáculo promete ser imperdível.

[button link=”http://www.enjoyintercambio.com/orcamentos/” (target=”_blank”) (size=”medium”) (style=”outline”)]Gostou do que viu? Solicite seu orçamento[/button]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *