Malta está definindo metas culturais para a próxima década

Em meio aos eventos sediados na Capital Cultural da Europa, a cidade de Valletta e Malta como um todo já estão de olho no futuro, abrindo caminhos para o incentivo cultural no país. Representantes governamentais estão iniciando uma série de encontros que devem discutir, analisar e avaliar o desenvolvimento da cultura em Malta para o início da próxima década. O objetivo é traçar metas concretas e não deixar o legado deste ano se perder em meio a outros setores.

De acordo com o jornal Malta Independent, cada um dos encontros terá um tema específico e o primeiro deles falará sobre comunidades culturais. Por meio de ações voluntárias, milhares de pessoas em Malta e Gozo se engajam em atividades tradicionais no país e o objetivo da nova política será promover esse envolvimento em uma maior escala. Outros temas abordados ao longo do ano serão a herança cultural de Malta, inovação e criatividade, globalização, pluriculturalidade, profissionalização e educação artística.

A população local é convidada a participar das reuniões e integrar a construção de um planejamento para o desenvolvimento cultural no país. A nova política deve prever ações para o período de 2020 a 2025 e essa não é a primeira vez que uma estratégia semelhante é colocada em prática. Em 2011, Malta lançou sua primeira diretriz cultural, que permitiu a evolução global e a transformação no país em alguns patamares. Dessa vez, a intenção é elevar ainda mais os objetivos e colocar iniciativas em prática para alcançá-los.

[button link=”http://www.enjoyintercambio.com/orcamentos/” (target=”_blank”) (size=”medium”) (style=”outline”)]Gostou do que viu? Solicite seu orçamento[/button]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *